Qualidade de Vida
Serenidade e paz no trânsito

A crescente violência no trânsito fez com que a raiva e agressividade dos motoristas se tornassem questões merecedoras de atenção por toda a sociedade. Os dados sobre a violência no trânsito no Brasil são alarmantes. Por ano, 37 mil pessoas morrem todos os anos no trânsito, 380 mil são vítimas de acidentes e 120 mil ficam com graves sequelas.

 Para a cidade de São Paulo, os dados são ainda mais dramáticos – o serviço 190, da Polícia Militar, registra 70 chamadas diárias referentes à brigas de trânsito, sendo que 20 destas acabam em agressões físicas, somando 2100 ligações mensais. Em grandes capitais – como é o caso de São Paulo – a quantidade de carros e o tráfego intenso, em que há congestionamentos, frustrações e provocações, fazem com que diariamente diversos condutores se comportem de forma agressiva, principalmente aqueles que são portadores de transtornos psiquiátricos, como o Transtorno Explosivo Intermitente (TEI).

 Além disso, o próprio “estar no trânsito” é um estressor – ou seja, a reação agressiva de um condutor pode levar o outro motorista a também responder agressivamente. Frente a esta realidade, é importante que os condutores repensem suas ações: identificar o que os irrita é uma forma de buscar alternativas para lidar com os estressores. Os portadores do transtorno explosivo intermitente, geralmente reconhecidos como “pavio curto”, são pessoas que costumam reagir de forma exacerbada e com muita agressividade. Algumas alternativas para não se irritar ao volante seriam: programar os horários, para que a possibilidade de chegar atrasado a um compromisso não seja mais um estressor; fazer caminhos diferentes, para estar atento a outras coisas, que não apenas ao trânsito e relaxar por meio de respiração, tentando respirar de forma calma e pausada. 

Os portadores de TEI podem ser beneficiados com um tratamento breve, que inclui psicoterapia e medicação.

Deisy Ribas Emerich, Ana Maria Costa, Dra. Liliana Seger - Psicólogas do Pro-Amiti. 

Ambulatório Integrado dos Transtornos do Impulso do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da FMUSP.

Sugestão de vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=RMZ3bsrtJZ0

Endereço:
Rua Artur de Azevedo, 147 - Jardim Paulista
São Paulo - SP - CEP 05404-010

Endereço Eletrônico:
contato@associacaoviverbem.org.br
Telefone:
+55 (11) 2307-7805