Família
Saúde Financeira e Economia Doméstica

Quando olhamos o aspecto financeiro, a principal característica de uma família é o fato de que normalmente uma ou duas pessoas são responsáveis pelas receitas, mas todos geram despesas; por isso, se as coisas não forem muito bem organizadas, serão muito grandes as chances de existirem problemas. Existem inúmeros estudos que apontam os aspectos financeiros como um dos principais pontos na harmonia de um lar, por isso evitar problemas nas finanças domésticas é quase sinônimo de preservar a paz dentro de casa. 

Toda família deve ter regras em relação ao orçamento doméstico. Primeiro, devem ser estabelecidos os gastos básicos da família com moradia, transporte, saúde, educação – claro que a soma dessas despesas devem ser inferiores a soma das receitas. O dinheiro que entra deve primeiro pagar essas contas básicas, e depois o que sobrar deverá ser utilizado com projetos da família (viagens, casa própria, carro) e com o lazer, que também é muito importante para a felicidade de todos.

E para tornar a conta ainda mais difícil, mas o futuro mais tranquilo, é recomendável que toda família poupe e invista 10% de todo o dinheiro que ganha – parece difícil conseguir, mas é totalmente possível se tiver um pouco de contribuição de cada membro da família. A poupança serve para que os imprevistos sejam sempre tratados da melhor maneira possível.

É importante todos definirem juntos suas prioridades de gasto, respeitando as individualidades de cada membro da família e, principalmente, as reais possibilidades da receita que é gerada. Vivemos numa sociedade em que uma criança não parece ser feliz se não tiver o vídeo-game de última geração, mas a verdade é que uma criança feliz precisa de seus pais tranquilos ao seu lado, e não de pais desesperados porque não conseguem pagar as contas do mês; trocar o bem material pelo carinho é algo muito importante para uma família, em todos os aspectos (e também no financeiro).

Ter boa situação financeira não é sinônimo de ser rico, e essa é a maior confusão que as pessoas costumam fazer. Saúde financeira é simplesmente gastar aquilo que está dentro das possibilidades de cada um. Existem inúmeros casos de pessoas e famílias ricas que gastam mais do que ganham e deixam de ter equilíbrio nas finanças, e muitos casos de famílias que vivem humildemente, mas felizes, com baixos salários. Pautar a felicidade da sua família pela busca do enriquecimento e do consumo é um caminho sem fim, onde você já perde na largada. Lembre-se sempre de que quanto mais temos, mais queremos. É mais fácil conseguir encontrar a felicidade para a sua família na tranquilidade, na simplicidade e na união.

Marco Gazel – Economista

Endereço:
Rua Artur de Azevedo, 147 - Jardim Paulista
São Paulo - SP - CEP 05404-010

Endereço Eletrônico:
contato@associacaoviverbem.org.br
Telefone:
+55 (11) 2307-7805